5 investimentos de baixo risco para começar a investir

investment

Muitas pessoas já têm conhecimento de que o rendimento da poupança não é bom. Mas, apesar disso, elas ainda não sabem quais são os principais investimentos de baixo risco que podem realmente valer a pena. E é exatamente por isso que este artigo vai mostrar quais são os 5 melhores.

Depois de conhecer todos, ficará a sua escolha ter coragem e mudar de uma vez por todas a forma de como investir o seu dinheiro. Nunca se esqueça de que uma pequena mudança pode fazer toda a diferença, certo?

Antes de qualquer coisa vale ressaltar também que os investimentos que serão mencionados aqui podem ser adquiridos e mantidos de forma fácil, e por isso são indicados, principalmente, para quem está entrando agora no mundo dos investimentos ou até mesmo para as pessoas experientes, mas que não querem correr riscos.

Sendo assim, como já mencionado, ao longo deste conteúdo será possível encontrar quais são os 5 principais investimentos de baixo risco para começar a investir. Veja!

Investimentos de baixo risco

Aqui estão as opções mais seguras e com uma boa rentabilidade para você largar de vez a poupança e começar a investir o seu dinheiro onde realmente vale a pena.

1. CDB – Certificado de Depósito Bancário

O Certificado de Depósito Bancário, também conhecido como CDB, é parecido com um empréstimo que pode ser feito em algum banco, por exemplo. A grande diferença é que nesse caso quem empresta dinheiro para a instituição financeira é você. É possível dizer que essa é uma das principais formas que os bancos têm de conseguir recursos para usar em seus serviços.

Para quem está começando e não quer correr riscos, o mais recomendado é escolher um CDB que apresente liquidez diária. Isso porque nesse caso é permitido resgatar os rendimentos quando quiser, ou seja, não apenas na data que for estipulada pela instituição.

2. Letras de Crédito Imobiliário e do Agronegócio

Caso nunca tenha ouvido falar, as Letras de Crédito Imobiliário (LCI) são uma maneira de captar recursos que serão usados como crédito para o financiamento de imóveis. Nesse caso, são as instituições financeiras que oferecem os títulos.

Por sua vez, as Letras de Crédito do Agronegócio possuem o mesmo intuito, a grande diferença é que, como o próprio nome já diz, aqui os créditos são voltados para o setor do agronegócio.

As duas opções mencionadas são de baixo risco e possuem amparo do FGC (Fundo Garantidor de Crédito). Além disso, se as aplicações forem feitas por uma pessoa física, elas não incidem sobre o Imposto de Renda.

3. Fundos de renda fixa referenciados DI

Outra opção são os fundos de renda fixa referenciados DI, os quais podem ter como indicador de rendimento a conhecida taxa Selic. Esse investimento é também de baixo risco e, em grande maioria, é composto por títulos privados.

4. Tesouro Direto Selic

Se o seu objetivo for fazer um investimento que, além de baixo risco, tenha uma baixo custo e seja seguro, então a melhor alternativa é optar pelo Tesouro Direto Selic. Na verdade, esse é um dos tipos mais populares de investimentos de renda fixa.

Nesse caso, é como se você emprestasse o seu dinheiro para setores públicos, ou seja, o título diz respeito às dívidas que são emitidas pelo governo. E é possível retirar o dinheiro quando quiser, sem perder lucros.

5. Tesouro IPCA +

Por fim, mas não menos importante, a última opção de investimento de baixo risco é o Tesouro IPCA +. IPCA, na verdade, significa Índice Nacional de Preços ao Consumidor, o que quer dizer que esse investimento está diretamente ligado à inflação. Sendo assim, o rendimento nesse caso é protegido contra o aumento da inflação.

Esses são os principais investimentos de baixo risco para você começar a investir. Agora basta escolher o melhor para o seu caso e deixar a poupança de lado.

O site Pro Educacional também possui dicas muito úteis sobre o mercado financeiro. Acesse aqui.